CONTRA OS ABUSOS DO PODER VENHAM DONDE VIEREM
Quarta-feira, 16 de Maio de 2012
Remédios milagrosos

 

          De há uns tempos a esta parte, tenho sido bombardeado com mensagens electrónicas anunciando as mais retumbantes curas milagrosas, todas elas conseguidas através das plantas mais comezinhas. Ora são os oregãos que curam o cancro da próstata, ora são as abóboras que acabam de vez com o colesterol, ora é o alecrim que cura as hemorróidas, ora é o sumo de dois tomates misturados com o de um pepino que resolve a disfunção eréctil...

          Por coincidência, todas essas mensagens pedem, no final, para as difundirmos o mais possível.

          Das duas, uma: ou anda alguém a tentar apanhar endereços de correio electrónico, ou o Ministério da Saúde quer poupar dinheiro em medicamentos (e também despachar os velhos para o cemitério e assim deixarem de receber as pensões de reforma...).

          Alguém saberá a resposta?



publicado por Fernando Vouga às 16:27
link do post | comentar | favorito
|

2 comentários:
De jorge figueira a 16 de Maio de 2012 às 17:37
Problema bem pertinente. Ninguém está em melhor situação para uma resposta cabal que o Secretário da Saúde. O homem enveredou pela área da gerontologia, logo, aí está à vontade para uns bitaites. A questão das reformas é mais difícil para ele. Aí, acredito, recorrerá a um grupo de trabalho. Levará o seu tempo o enquadramento dos reformados em dois grupos distintos: Portugueses e portugueses. Os primeiros são aqueles que não distinguem uma saída de morteiro de um tiro de manelicker, acumulam legalmente duas belas e chorudas reformas e seus filhos e netos conseguem adquirir morangos em qualquer época e em qualquer ponto do Mundo. Portugueses são seres dignos de toda a consideração e respeito; portugueses são um grande encargo que terá de ser cuidadosamente analisado.A celebre injecção atrás da orelha....Qual sumo de toma-pino... É um vegetal novo, obtido do tomate e do pepino, que o MAC vai lançar inspirado no Jô Soares.
 Está a ver, Fernando, a complexidade do tema, para mais agora que o homem anda a querer saber porque se morre de malária. Pode até acontecer que, contra sua vontade, deixe de ser governo antes de ter a resposta.  


De Fernando Vouga a 16 de Maio de 2012 às 18:52
Caro Jorge


Essa do toma-pino é genial. Daqui a uns anos, se vier precisar, já sei como fazer...


Comentar post

gse_multipart60608.jpg Tomates.jpg Santana Lamego
pesquisar
 
Setembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


Notas recentes

Dúvidas

Quando fala a ignorância....

Não será com mel que se a...

A nega de Temer

Lamego Monumental

A arte de distorcer

Uma questão de padrinho

Ele há cada alarve!

Culinária Gourmet

Convite

Favoritos

Deixem os amigos em paz

Para onde vais, América?

Arquivos
Tags

todas as tags

Blogs amigos
Mais sobre mim
GALERIA FOTOGRÁFICA
Xangai
Nepal
Brasil
Praga
Visitas
free web counter
blogs SAPO
subscrever feeds