CONTRA OS ABUSOS DO PODER VENHAM DONDE VIEREM
Terça-feira, 12 de Junho de 2012
Remédio santo

 

          Vai que não vai, dou comigo no Brasil. Mas continuo de olhos postos na nossa tão querida Madeira e nas suas gentes.

          E não é que encontrei há dias um medicamento que, segundo me explicaram, é excelente para curar facadas nas costas?



publicado por Fernando Vouga às 22:37
link do post | comentar | favorito
|

4 comentários:
De jorge figueira a 13 de Junho de 2012 às 11:03
Não desaprovo a sua ideia de que a aguardente pode curar facadas nas costas. Como sabe já lhe vimos utilidades várias desde um oficial das FAPLA , nos idos de 80, que não querendo aceitar a opção russa de que avião civil não bombardeia, trabalhando, nos bastidores, "a aguardente" os mecânicos russos levou-os a instalar "cai-bombas " nas asas dos aviões humanitários. Foi tirar vodka e lançar aguardente! No computo geral, não nos bombardeamentos, até tiveram algum sucesso. O meu receio é outro. Acho que o esfaqueado, no caso em apreço, anda tão medicado que os medicamentos andam a anular-se mutuamente.


De Fernando Vouga a 13 de Junho de 2012 às 13:29
Caro Jorge

De qualquer forma, o remédio inicialmente concebido para cornos, provou a sua eficácia nos restantes tipos de chifraduras, nas quais se inclui a facada nas costas. O objectivo é amansar (passe o erro ortográfico do rótulo) a fera. Que, no caso vertente,  bem precisa, porque corre o risco de ter um badagaio. Está a puxar demasiado na corda.


De António Trancoso a 14 de Junho de 2012 às 00:07
Caro Monteiro Vouga
Quando regressar da "cura de ares" não se esqueça de trazer umas garrafinhas dessas para oferecer a quem delas necessita com urgência...
Um abraço.


De Fernando Vouga a 14 de Junho de 2012 às 01:58
Caro António Trancoso

Boa ideia!
Vou  já contactar um transitário para enviar para a Madeira meia dúzia de contentores de 40 pés cheios do produto. É negócio garantido.
Porque não é só o Grande Timoneiro que precisa do produto: são todos aqueles lhe alimentaram as fantasias e que agora foram ou vão ser abandonados à sua sorte, qual mijinhas da Jota; são os milhares de laparotos do povo superior, que foiram traídos com promessas  falsas e que terão de pagar as contas da irresponsabilidade.
Só um aviso: só fornecerei as garrafinhas a pronto pagamento e em dinheiro vivo...


Comentar post

gse_multipart60608.jpg Tomates.jpg Santana Lamego
pesquisar
 
Setembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


Notas recentes

Dúvidas

Quando fala a ignorância....

Não será com mel que se a...

A nega de Temer

Lamego Monumental

A arte de distorcer

Uma questão de padrinho

Ele há cada alarve!

Culinária Gourmet

Convite

Favoritos

Deixem os amigos em paz

Para onde vais, América?

Arquivos
Tags

todas as tags

Blogs amigos
Mais sobre mim
GALERIA FOTOGRÁFICA
Xangai
Nepal
Brasil
Praga
Visitas
free web counter
blogs SAPO
subscrever feeds