CONTRA OS ABUSOS DO PODER VENHAM DONDE VIEREM
Domingo, 15 de Julho de 2012
Facada nas costas

 

 

Imagem de arquivo

 

          Jardim (quem diria...) acabou de espetar uma facada nas costas do seu colega de partido, o mal amado José Relvas. Afirmou, em tom jocoso que, dado o seu extensíssimo currículo, vai pedir uma catrefa de equivalências, para depois requerer outra catrefa de licenciaturas. 

          Convenhamos que, desta vez, o Presidente do Governo Regional da Madeira acertou em cheio.

 

Dia 16 de Julho de 2012 - Aditamento:

 

          Muito a propósito, acrescento aqui uma imagem que pode ajudar muitíssimo os candidatos a doutores de aviário. Note-se o avental do utente e as instruções na lombada à esquerda. Para melhor esclarecimento, junta-se uma transcrição das ditas.

 

 

PREPARAÇÃO

 

É essencial o uso de um aventalzinho da Maçonaria e ter amigos influentes.

Prometer favores e lugares bons no futuro.

Adicionar alguns sorrisos e euros na proporção certa.

Tentar esconder tudo dos jornais e exigir sempre ser tratado por Sr. Doutor.

Agradecer e nunca se esquecer de pagar em favores.



publicado por Fernando Vouga às 20:33
link do post | comentar | favorito
|

11 comentários:
De Anónimo a 16 de Julho de 2012 às 15:00

Aqui estä uma das melhores päginas deste seu Blog – bem haja.


Esta é de facto a formula não sö da licenciatura instantânea como também a “de muitas mais licenciaturas” (...), porém, faltam sö – quanto a mim – dois elementos neste cozinhado instantâneo:


– uma pequena colher de “sacanagem” e uma concha bem servida de “filha-da-putice” !



De Fernando Vouga a 16 de Julho de 2012 às 15:45
Caro anónimo


Obrigado pelo elogio. Mas não é necessário exagerar!


De Anónimo a 16 de Julho de 2012 às 15:39
Serä que hä um Dono a mais na Satrapïa e que é lançado à cova dos chacais ?


De Fernando Vouga a 16 de Julho de 2012 às 15:53
Caro anónimo


Este sátrapa, penso que se refere a Relvas, está a incomodar muita gente. Uns porque, sendo ministro, desprestigia o governo, outros porque temem que lhes ponham também a careca à mostra. 
Se a coisa pega...


De jorge figueira a 20 de Julho de 2012 às 21:03
Os Portugueses estão bem retratados na música da novela Gabriela (inspirada no livro do Jorge Amado) que dizia: eu nasci assim, eu cresci assim, vou ser sempre assim... Gabriieeella! As juventudes partidárias, e, os adultos seus mentores, fizeram desaparecer a universidade independente com Sócrates. A procissão ainda vai no adro mas este caso revela bons indícios para atingir o mesmo porto..  Há, porém, um aspecto que me apraz salientar, a melhor nota (18)  que o nosso dr Relvas teve foi numa cadeira chamada: Pensamento Contemporâneo.  Tem tudo para o sucesso com aquela brilhante classificação. O Mundo é do nosso Relvas.
Falando sério. O clientelismo vem da monarquia liberal, mas faz pena que ainda estejamos nisto      


De Fernando Vouga a 21 de Julho de 2012 às 18:52
Caro Jorge


Nestas desgraças há sempre algo de positivo. Foi uma óptima oportunidade para Jardim brilhar.
À falta de melhor...


De Anónimo a 22 de Julho de 2012 às 15:52

Concordo, porém eu diria sö que "HÄ FALTA DE MELHOR ... " é que não me consigo conformar com "Ä falta de melhor ..."


De Mário Relvas a 4 de Agosto de 2012 às 19:11

Muito boa tarde caro F. Vouga,

penso que se terá enganado no nome; José Relvas?

Cumprimentos


De Fernando Vouga a 4 de Agosto de 2012 às 22:19
Caro Sr. Mário Relvas


Agradeço-lhe a observação. 
Para lhe ser franco, até achei piada ao lapso. Sem querer, acabei por, de certa forma, mostrar o desprezo que sinto por tão execrável figura. Mas não foi de propósito, confesso.
E é nesses termos que vou deixar o erro. Mas vou ter o cuidado de, daqui para a frente, nunca lhe chamar Mário (lagarto, lagarto, lagarto). 
Promessa de "não político" (que a de político a gente sabe no que dá...).


Um abraço


De Mário Relvas a 5 de Agosto de 2012 às 18:01
Exmo Sr. F. Vouga,

Acabei por não perceber qual a figura execrável a que se refere na postagem... Presumo que os dois... Sobre o chamar-lhe Mário ou não vomecê é que saberá o que quer dizer e o que pretende...

Cumprimentos

MÁRIO RELVAS


 


De Fernando Vouga a 5 de Agosto de 2012 às 18:19
Caro Sr. Mário Relvas


Acertou. São, na verdade, ambos execráveis. 
De tanto pensar no José Sócrates, e talvez pela semelhança das tropelias académicas desses dois figurões, acabei decerto por trocar os nomes próprios. 
Como são farinha do mesmo saco, nem me dou ao trabalho de emendar o meu humilíssimo texto, a menos que o meu amigo me informe de outros motivos que, de momento, não estou a ver.
Em suma: o que interessa é não deixar cair no esquecimento os expedientes rascas de certos governantes que, sendo quase todos maus, ainda deixam espaço para alguns do piorio.
Quanto à sua referência ao Mário, que é o seu nome próprio, no comentário anterior parece que ficou bem claro que terei, no mínimo, o cuidado de evitar misturas com a sua pessoa, já que não tenho motivos para lhe faltar ao respeito.


Os meus cumprimentos


Comentar post

gse_multipart60608.jpg Tomates.jpg Santana Lamego
pesquisar
 
Novembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


Notas recentes

Pensamento do dia

Dúvidas

Quando fala a ignorância....

Não será com mel que se a...

A nega de Temer

Lamego Monumental

A arte de distorcer

Uma questão de padrinho

Ele há cada alarve!

Culinária Gourmet

Favoritos

Deixem os amigos em paz

Para onde vais, América?

Arquivos
Tags

todas as tags

Blogs amigos
Mais sobre mim
GALERIA FOTOGRÁFICA
Xangai
Nepal
Brasil
Praga
Visitas
free web counter
blogs SAPO
subscrever feeds