CONTRA OS ABUSOS DO PODER VENHAM DONDE VIEREM
Segunda-feira, 23 de Julho de 2012
O cerne da questão

Imagem retirada da NET (LUX-Fotos)

 

          Assisti ontem, com toda a atenção, na RTP-M, à entrevista feita ao Presidente da Protecção Civil da Madeira.

          Gostei. O senhor coronel Neri mostrou-se sereno, seguro de si e defendeu as suas teses com toda a clareza e lógica. A meu ver, está de parabéns porque, com os seus esclarecimentos,  prestou à Região um óptimo serviço. E de um modo geral, concordei com o que disse.

          Mas a razão por que escrevo estas linhas não é propriamente a de louvar o entrevistado, mas de colocar uma questão que reputo de importância vital. Quase no fim da entrevista, opinou que só uma minoria dos incêndios resultam de causas naturais, digamos assim, e que os restantes serão fruto de mão criminosa. Algo que, desgraçadamente e há muitos anos, não constitui novidade aqui na Madeira e no restante rerritório nacional.

          E é aí, a meu ver, que reside o cerne do problema. Não é com os meios A, B, C ou D que se resolve o flagelo mas com o combate impiedoso à crimilanidade associada. Porque, a ser verdade a afirmação (com a qual concordo inteiramente), o que tem faltado é a vontade de enfrentar interesses instalados.

          É fácil de ver que há poderes obscuros por detrás dos incêndios. Porque, obviamente, haverá quem tenha muito a ganhar com eles. E é por aí que as autoridades terão de se começar as investigações, doa a quem doer. 



publicado por Fernando Vouga às 12:29
link do post | comentar | favorito
|

3 comentários:
De jorge figueira a 23 de Julho de 2012 às 20:16
Prometi que escreveria sobre este tema noutras bandas e aqui estou. Não ouvi, nem vi, o Sr. Cor. Nery. O Fernando, como eu, conhece, para o bem e para o mal, os portugueses. Imaginemos um homem de 45 anos que se iniciou como fumador aos 15. É um daqueles brincalhões que gosta de comprimir a beata entre o polegar e o indicador e atirá-la. Aquela cabecinha pensadora medirá que seu acto irreflectido pode gerar um incêndio se cair em erva seca? A PJ prende-o. Os media condená-lo-ão de imediato devidamente orquestrados pela "música" da governação que poderá, mais tarde, vir criticar o Tribunal se aplicar uma pena considerada baixa. Em 2012 é assim!
Esta terra mudou muito. Era eu catraio, teria 6 a 8 anos, ainda se plantava trigo em Gaula e, numa ceifa, uma ratoeira deixada no poio amanheceu com 3 belos exemplares de rato. Os jornaleiros regaram os bichos com petróleo atearam fogo. A ratoeira (conhecida nestas bandas por ratoeira de balança) com o calor deformou-se deixou fugir um rato. Instalou-se a confusão. Há horas felizes, corria água na levada ali próxima. O dono da leira
não perdeu o trigo. O jornaleiro levou nas orelhas forte feio, mas nesse tempo respeitava-se: a água e o fogo. Hoje desenraizaram-se as populações e, na minha modesta opinião, este é o grande mal com que nos defrontamos.   


De Fernando Vouga a 23 de Julho de 2012 às 21:42
Caro Jorge


Por enquanto, não tenho razões para duvidar dos números aventados pelo Governo Regional (90% de fogos criminosos). 
O que , obviamente, configura uma grave negligência por parte das autoridades. Afinal, identificaram o problema mas pouco ou nada fazem para cortar o mal pela raíz. Aparentemente, estarão a pactuar com o crime. O que não será brilhante.
Caso contrário, estão a mentir, o que será ainda menos brilhante....


De jorge figueira a 24 de Julho de 2012 às 10:38
Argumentação aceite embora haja um pressuposto do qual eu duvide. Acho que haja reserva mental por parte do governo. Isso, por]em, são outros quinhentos.


Comentar post

gse_multipart60608.jpg Tomates.jpg Santana Lamego
pesquisar
 
Setembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


Notas recentes

Dúvidas

Quando fala a ignorância....

Não será com mel que se a...

A nega de Temer

Lamego Monumental

A arte de distorcer

Uma questão de padrinho

Ele há cada alarve!

Culinária Gourmet

Convite

Favoritos

Deixem os amigos em paz

Para onde vais, América?

Arquivos
Tags

todas as tags

Blogs amigos
Mais sobre mim
GALERIA FOTOGRÁFICA
Xangai
Nepal
Brasil
Praga
Visitas
free web counter
blogs SAPO
subscrever feeds