CONTRA OS ABUSOS DO PODER VENHAM DONDE VIEREM
Quarta-feira, 30 de Outubro de 2013
Política à portuguesa
Imagem retirada da NET


      Sabemos que a Justiça em Portugal anda pelas ruas da amargura. Sabemos também que o segredo de Justiça (como todos os segredos no noso país...) é palavra morta. Mas daí até se abrir, sem qualquer motivo, um processo de averiguações que inclui um ministro angolano, vai uma distância cósmica.

      Perante as eventuais acusações contra o seu ministro, as autoridades de Luanda ao mais alto nível, lançaram uma violenta campanha de intimidação contra Lisboa, na qual incluiram ameaças pouco diplomáticas, para não dizer insultuosas e humilhantes. E o processo foi arquivado.

      Embora acredite piamente que o governo de Angola é o único do mundo que não tem corruptos no seu elenco, sou tentado a desconfiar (fraqueza minha...) que, como não há fumo sem fogo, algo de grave se deve ter passado.

      Assim sendo, a ser verdade que, afinal, as autoridades portuguesas cederam a chantagens, estamos perante uma humilhação que não acontecia desde os velhos tempos da monarquia.

      Mais grave ainda, é saber que o pior caminho nestes casos é ceder aos chantagistas. Por razões que nem vale a pena explicar, por serem demasiadamente conhecidas.



publicado por Fernando Vouga às 18:42
link do post | comentar | favorito
|

4 comentários:
De Anónimo a 31 de Outubro de 2013 às 10:43
Os tempos assemelham-se aos do ultimatum , tresandam a fim de festa. O ridículo , se fosse passível de tributação , garantia o equilíbrio orçamental ou um saldo para o Dr. Jardim acabar os viadutos e outras obras.


De Fernando Vouga a 31 de Outubro de 2013 às 18:34
Caros Jorge e anónimo das 10H43


Esta gente não tem o mínimo sentido de Estado. Consentiram toda a sorte de trafulhices n esperança de pingarem uns tostões. Agora estão de cócoras perante o poder económico angolano (melhor dizendo da família do presidente…).
De hoje em diante, a nossa Justiça está de mãos atadas sempre que haja ligações aos barões de Luanda.
Quem faz negócios com o diabo... 


De Anónimo a 31 de Outubro de 2013 às 15:39
Os pecados devem ter sido muitos e o "träfico de infliuências" actua, nestes casos - como sabemos - para que o cão volte para casa com o rabo entre as pernas...
Serä que poderemos ter algum orgulho nas côres desta nossa "delinquente" nação" ?
A palavra corrupção jä estä gasta de tanto jâ ter sido dita ... isto são coisas de brancos e de pretos ...!


De silva a 11 de Setembro de 2014 às 10:57

A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol III

No caso da farsa do despedimento coletivo do Casino Estoril,passam já quatro anos sem fim à vista por atraso da justiça a maior parte das pessoas estão na miséria e vão inevitavelmente por falta de ordem económica entrar em pobreza profunda este é o maior espectáculo de drama deste Casino Estoril.


http://revelaraverdadesemcensura.blogspot.pt/



Comentar post

gse_multipart60608.jpg Tomates.jpg Santana Lamego
pesquisar
 
Novembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


Notas recentes

Pensamento do dia

Dúvidas

Quando fala a ignorância....

Não será com mel que se a...

A nega de Temer

Lamego Monumental

A arte de distorcer

Uma questão de padrinho

Ele há cada alarve!

Culinária Gourmet

Favoritos

Deixem os amigos em paz

Para onde vais, América?

Arquivos
Tags

todas as tags

Blogs amigos
Mais sobre mim
GALERIA FOTOGRÁFICA
Xangai
Nepal
Brasil
Praga
Visitas
free web counter
blogs SAPO
subscrever feeds