CONTRA OS ABUSOS DO PODER VENHAM DONDE VIEREM
Domingo, 6 de Março de 2011
Melhor que um calmante

 Levada dos Balcões (Ribeiro Frio)

 

 

          Quase que se poderá dizer que a Madeira tem mais encantos quando nos passeamos pelas suas levadas…

          A sua construção iniciou-se no Século XVI, totalizam cerca de2.500 km e são hoje património da humanidade. Como o nome indica, serviam para “levar” o precioso líquido dos locais onde jorrava (e ainda jorra) para onde fosse necessária.

          A pouco e pouco, nos tempos que correm, foram na sua quase totalidade substituídas por estruturas mais eficazes. Porém, a obra existe em toda a sua magnitude e pode ser visitada. Proporciona passeios pelos caminhos quase planos que ladeiam a conduta e que nos conduzem a locais paradisíacos impossíveis de descrever. Não conheço nada melhor para retemperar forças, respirar o ar puro da montanha e esquecer a desgraça que vai por esse mundo fora.

          Por isso, aqui vai uma amostra.



publicado por Fernando Vouga às 21:52
link do post | comentar | favorito
|

7 comentários:
De Anónimo a 6 de Março de 2011 às 23:38
O Kadafi está precisar dum passeio destes !


De Fernando Vouga a 7 de Março de 2011 às 12:27
Caro anónimo

Boa ideia! Porque nessas levadas há muitos locais onde basta um pequeno empurrão para o atirar da ribanceira abaixo.


De Anónimo a 8 de Março de 2011 às 00:59
Isso é atentado contra os direitos do homem ! Não podemos descer ao nível dele !


De Jacaré Tem Dente a 7 de Março de 2011 às 14:08
A nostalgia sempre nos diz que o “tempo que passou é sempre o melhor”!
Penso que a Madeira “já não É!”… a Madeira “já foi!.
Jardim escangalhou, nunca foi o homem do MOMENTO (em nada) e beneficiou SÓ da boa vontade de “uns” e de “outros”… nada mais !
A Levada dos Balcões… é facto (!), o Madeirense foi “levado ao balcão” e… fez contas.
Um abraço do Jacaré.


De Fernando Vouga a 7 de Março de 2011 às 16:48
Caro amigo

Mas o pior é que o jardinismo, para se manter no poder, andou a gastar o dinheiro que era devido às gerações futuras. Como se fosse possível adivinhar o que se vai passar daqui a algumas décadas. Isto para não falar dos dinheiros por fora que engordaram os mais fiéis ao regime.
Os nossos filhos e netos não vão ter direito a decidir o que precisam e onde devem gastar os dinheiros públicos para os quais contribuem. Porque toda a riqueza que produzirem nem sequer vai chegar para pagar os encargos da dívida.


De Anónimo a 8 de Março de 2011 às 00:55
Mas parece que há petróleo no Beato !


De Fernando Vouga a 8 de Março de 2011 às 15:24
Caro anónimo

Talvez haja.
Mas ainda estou para ver um país produtor de petróleo onde a riqueza dele derivada faça a felicidade povo.


Comentar post

gse_multipart60608.jpg Tomates.jpg Santana Lamego
pesquisar
 
Julho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Notas recentes

Quando fala a ignorância....

Não será com mel que se a...

A nega de Temer

Lamego Monumental

A arte de distorcer

Uma questão de padrinho

Ele há cada alarve!

Culinária Gourmet

Convite

Politicamente incorrecto.

Favoritos

Deixem os amigos em paz

Para onde vais, América?

Arquivos
Tags

todas as tags

Blogs amigos
Mais sobre mim
GALERIA FOTOGRÁFICA
Xangai
Nepal
Brasil
Praga
Visitas
free web counter
blogs SAPO
subscrever feeds