CONTRA OS ABUSOS DO PODER VENHAM DONDE VIEREM
Domingo, 2 de Outubro de 2011
Sócrates já foi castigado...

Imagem enviada por correio electrónico

 

          Alberto João Jardim diz ainda que não contem consigo «para pactuar com o que se passa quer na Europa quer em Portugal, mais a mais que Portugal vive no paradoxo de querer resolver os seus problemas num sistema capitalista selvagem mas ao abrigo de uma constituição que é ideologicamente socialista». «Isto é estar a brincar com coisas sérias», alerta.

          «É de facto algo que não se entende, porque podem fazer as contas todas, mas se o Estado não for reformado de alto a baixo Portugal não consegue resolver os seus problemas»; reitera.

 Jornal da Madeira, 2 de Outubro de 2011

 

          Como é que o único governante português que conseguiu ultrapassar Sócrates em incompetência e irresponsabilidade, vem agora perorar sobre a salvação da Pátria?

          Com que lata, um governante de uma pequena ilha perdida no meio do Atlântico, depois dos erros grosseiros que cometeu, de ter mentido descaradamente, de ter comprometido o nosso futuro, se arvora em único sabichão e se permite dar conselhos professorais ao mundo todo?  

          Como é que um homem que não respeita nada nem ninguém, incluindo a Constituição, se preocupa com ela? Que diferença lhe faz que a Lei Fundamental seja socialista ou outra coisa qualquer, se para ele sempre foi letra morta?

 

          Jardim não está louco, como poderá parecer à primeira vista. Ele fala assim, porque sabe que aqueles que estão à sua gamela têm uns antolhos que lhes tapam a realidade, o que já de si não é brilhante. Porém, o pior e o mais grave, é ele saber que o seu discurso disparatado, inconsequente, mas sempre arrogante, cai bem nas cabecinhas do seu tão querido povo superior, quiçá toldadas pelos copos de um jantar à borla. Cabeças estupidificadas ao longo de mais de três décadas, mas que o aplaudem freneticamente, embora sem perceber nada do que lhes é dito e da desgraça que as espera. Mas são votos garantidos e é isso, e só isso, que lhe interessa.

          Enfim, Sócrates já foi castigado. Espero que aqui se faça justiça. Finalmente.



publicado por Fernando Vouga às 13:51
link do post | comentar | favorito
|

2 comentários:
De Anónimo a 2 de Outubro de 2011 às 16:38
E se não se fizer a justiça que pensa, espera ou deseja, que concluirá ? Continuará a ser o povo quem mais ordena ? Ou que o povo não está na plenitude das suas faculdades mentais ? Que fazer ? É que apesar de tudo e depois de tudo posto a nu, continuaram a votar Isaltino, Fátima Felgueiras, Valentim e no Avelino Ferreira Torres do Marco de Canavezes. Estes até foram acusados e perseguidos pela Justiça. Jardim nunca teve a mais pequena beliscadura porque ninguém ousou e todos se encolheram remetendo-se a um silêncio cobardola. Um, depois de o ter chamado de Bokassa, deu o dito por não dito e teceu-lhe um rol de elogios. O Sr. Silva também. Deixaram o "bicho" à solta e o berbicacho aí está...


De Fernando Vouga a 2 de Outubro de 2011 às 17:10
Caro Anónimo

Boa pergunta. Será que no próximo domingo vamos ter a resposta?

Fala, e muito bem, nos Isaltinos e quejandos. Mas esses, ao menos, são mais educados e têm melhor aspecto...


Comentar post

gse_multipart60608.jpg Tomates.jpg Santana Lamego
pesquisar
 
Setembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


Notas recentes

Dúvidas

Quando fala a ignorância....

Não será com mel que se a...

A nega de Temer

Lamego Monumental

A arte de distorcer

Uma questão de padrinho

Ele há cada alarve!

Culinária Gourmet

Convite

Favoritos

Deixem os amigos em paz

Para onde vais, América?

Arquivos
Tags

todas as tags

Blogs amigos
Mais sobre mim
GALERIA FOTOGRÁFICA
Xangai
Nepal
Brasil
Praga
Visitas
free web counter
blogs SAPO
subscrever feeds