CONTRA OS ABUSOS DO PODER VENHAM DONDE VIEREM
Sábado, 15 de Outubro de 2016
Uma ideia a explorar

images-1.jpeg

Imagem retirada da NET

 

      Colocar os nossos idosos nas cadeias, e os delinquentes fechados nas casas dos velhos .

 

Desta maneira, os idosos teriam todos os dias acesso a um duche,lazer, passeios.

Não teriam necessidade de fazer comida, fazer compras, lavar a loiça, arrumar a casa, lavar roupa etc.

Teriam medicamentos e assistência médica regular e gratuita.

Estariam permanentemente acompanhados.

Teriam refeições quentes, e a horas.

Não teriam que pagar renda pelo seu alojamento.

Teriam direito a vigilância permanente por vídeo, pelo que receberiam assistência imediata em caso de acidente ou emergência, totalmente gratuita.

As suas camas seriam mudadas duas vezes por semana, e a roupa lavada e passada com regularidade.

Um guarda visitá-los-ia a cada 20 minutos e levar-lhes-ia o correio directamente em mão.

Teriam um local para receberem a família ou outras visitas.

Teriam acesso a uma biblioteca, sala de exercícios e terapia física/espiritual.

Seriam encorajados a arranjar terapias ocupacionais adequadas, com formador instalações e equipamento gratuitos.

Ser-lhes-ia fornecido gratuitamente roupa e produtos de higiene pessoal.

Teriam assistência jurídica gratuita.

Viveriam numa habitação privada e segura, com um pátio para convívio e exercícios.

Acesso a leitura, computador, televisão, rádio e chamadas telefónicas na rede fixa.

Teriam um secretariado de apoio, e ainda Psicólogos, Assistentes Sociais, Políticos, Televisões, Amnistia Internacional, etc., disponíveis para escutarem as suas queixas.

O secretariado e os guardas seriam obrigados a respeitar um rigoroso código de conduta, sob pena de serem duramente penalizados.

Ser-lhes-iam reconhecidos todos os direitos humanos internacionalmente convencionados e subscritos pelo país

 

Por outro lado, nas casas dos idosos:

Os delinquentes viveriam com 200 €, fechados, numa pequena habitação com obras feitas há mais de 50 anos.

Teriam que confeccionar a sua comida e comê-la muitas vezes fria e fora de horas.

Teriam que tratar da sua roupa.

Viveriam sós e sem vigilância.

Esquecer-se-iam de comer e de tomar os medicamentos e não teriam ninguém que os ajudasse.

De vez em quando seriam vigarizados, assaltados ou até violados.

Se morressem, poderiam ficar anos, até alguém os encontrar.

As instituições e os políticos não lhes ligariam qualquer importância.

Morreriam após anos à espera de uma consulta médica ou de uma operação cirúrgica.

Não teriam ninguém a quem se queixar.

Tomariam um banho de 15 em 15 dias, sujeitando-se a não haver água quente ou a caírem na banheira velha,

Passariam frio no Inverno porque a pensão de 200 € não chegaria para o aquecimento.

O entretenimento diário consistiria em ver telenovelas, a Fátima, o Goucha, a Júlia Pinheiro e afins na televisão.

 

Digam lá se desta forma não haveria mais justiça para todos.

E oscontribuintes agradeceriam.

 Recbido por correio electrónico

Autor desconhecido



publicado por Fernando Vouga às 11:55
link do post | comentar | favorito
|

3 comentários:
De Jorge Figueira a 16 de Outubro de 2016 às 11:31
Dê-se a ideia votos e avançariam com ela não tenha dúvida. Os pusilânimes que nos governam arranjariam maneira de fazer aprovar a ideia nas eleições


De 4 sapos a 19 de Outubro de 2016 às 11:05
seria uma excelente ideia para os idosos que passariam, sem qualquer sombra de dúvida, a estarem mais protegidos e instalados nas cadeias, Já ose ladrões cá fora, ao seu próprio cuidado, julgo que estes não dariam conta do recado. Quem sofreria éramos nós com os assaltos, violações, etc, desses gajos que só sabem fazer isso. Nem os 200 euros eles saberiam governar para um mês pois daria para um ou dois dias de droga e álcool.


De Fernando Vouga a 19 de Outubro de 2016 às 16:39
É a vida. Não há bela sem senão.


Comentar post

gse_multipart60608.jpg Tomates.jpg Santana Lamego
pesquisar
 
Setembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


Notas recentes

Dúvidas

Quando fala a ignorância....

Não será com mel que se a...

A nega de Temer

Lamego Monumental

A arte de distorcer

Uma questão de padrinho

Ele há cada alarve!

Culinária Gourmet

Convite

Favoritos

Deixem os amigos em paz

Para onde vais, América?

Arquivos
Tags

todas as tags

Blogs amigos
Mais sobre mim
GALERIA FOTOGRÁFICA
Xangai
Nepal
Brasil
Praga
Visitas
free web counter
blogs SAPO
subscrever feeds