CONTRA OS ABUSOS DO PODER VENHAM DONDE VIEREM
Terça-feira, 29 de Janeiro de 2013
Pequeno ensaio sobre o lambebotismo

 Extraído do romance "O Véu Pintado" de William Somerset Maugham





publicado por Fernando Vouga às 21:41
link do post | comentar | favorito

3 comentários:
De jorge figueira a 30 de Janeiro de 2013 às 11:33
Como diria um bom alentejano; nã tá mal alembrado não senhori. Em bom madeirês seria: isse  q'u governe.
O diabo é o decurso do tempo pois ao fim de alguns anos sobreleva a falta de caco.


De Fernando Vouga a 30 de Janeiro de 2013 às 18:55
Caro Jorge


A política é como a água que escolhe sempre o caminho mais fácil. Começa-se a lamber as botas a um bispo e tudo acaba numa lambidela colectiva.


De António Trancoso a 7 de Fevereiro de 2013 às 01:23
Caro Amigo
Já vi, na TV, um porco a andar de bicicleta, agora, a fazer um manguito...nunca tinha visto!


Comentar post

gse_multipart60608.jpg Tomates.jpg Santana Lamego
pesquisar
 
Abril 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


Notas recentes

As maravilhas do Face

Mau Português

O dedo na ferida

O porquê das coisas

O saber não ocupa lugar.....

Fausto Guedes Teixeira, u...

Para quem gosta de ler

Nos tempos que já lá vão....

Para quem gosta de ler

Politiquices

Favoritos

O dedo na ferida

Deixem os amigos em paz

Para onde vais, América?

Arquivos
Tags

todas as tags

Blogs amigos
Mais sobre mim
GALERIA FOTOGRÁFICA
Xangai
Nepal
Brasil
Praga
Visitas
free web counter
blogs SAPO
subscrever feeds