CONTRA OS ABUSOS DO PODER VENHAM DONDE VIEREM
Quinta-feira, 5 de Novembro de 2015
Aborto ortográfico

Adaptado de um texto de autor desconhecido

 

Nossa Língua “perdeu” as suas origens (o Latim), 

não havendo justificação para a forma como agora querem escrever o “NOSSO” PORTUGUÊS.

 

EXPLIQUEM AGORA AOS ALUNOS COMO SE FORMARAM ESTAS NOVAS PALAVRAS!!!!!

 

A MAIS VÁLIDA QUEIXA, SOBRE O "DESACORDO" ORTOGRÁFICO... 

  "DESAcordo" Ortográfico (*)

O novo "Desacordo" ortográfico

é mais uma prova da imbecilidade desta gente que governa Portugal nos últimos 3 decénios!

 

Nos nossos sete, oito e nove anos tínhamos que fazer aqueles malditos ditados que as professoras se orgulhavam de leccionar. A partir do terceiro erro de cada texto, tínhamos que aquecer as mãos para as dar à palmatória. E levávamos reguadas com erros destes: "ação", "ator", "fato", "tato", "fatura", "reação", etc, etc...

Com o novo acordo ortográfico, voltam a vencer-nos, pois nós é que temos que nos adaptar a eles e não ao contrário. Ridículo...

Mas, afinal de onde vem a origem das palavras da nossa Língua? Do Latim!!! E desta, derivam muitas outras línguas da Europa. Até no Inglês, a maior parte das palavras derivam do latim.

Então, vejam alguns exemplos:

 

Em Latim

Em Francês

Em Espanhol

Em Inglês

Até em Alemão, reparem:

Velho Português  (o que desleixámos)

Novo Português (importado do Brasil)

Actor

Acteur

Actor

Actor

Akteur

Actor

Ator

Factor

Facteur

Factor

Factor

Faktor

Factor

Fator

 Tacto

Tact

Tacto

Tact

Takt

Tacto

Tato

Reactor

Réacteur

Reactor

Reactor

Reaktor

Reactor

Reator

Sector

Secteur

Sector

Sector

Sektor

Sector

Setor

Protector

Protecteur

Protector

Protector

Protektor

Protector

Protetor

Selection

Seléction

Seleccion

Selection

 

Selecção

Seleção

 Exacto

Exacte

Exacta

Exact

 

Exacto

Exato

 Excepto

Excepté

Excepto

Except

 

Excepto

Exceto

Baptismus

Baptême

 

Baptism

 

Baptismo

Batismo

 Excepção

Exception

Excepción

Exception

 

Excepção

Exceção

Optimus

Optimum

 

Optimum

 

Óptimo

Ótimo

 

Conclusão: na maior parte dos casos, as consoantes mudas das palavras destas línguas europeias mantiveram-se tal como se escrevia originalmente.

Se a origem está na Velha Europa, porque é temos que imitar os do outro lado do Atlântico?

Mais um crime na Cultura Portuguesa e, desta vez, provocada pelos nossos intelectuais da Língua de Camões.

 

Ex.: Será que fui de fato à praia?

...Na tourada, estavam 2000 espetadores!

...etc, etc.

Porque se escreve Egito se os naturais desse país são Egípcios?

Ainda não percebi se com o novo Desacordo ortográfico os Polacos também passaram a ser Poloneses

e os Canadianos agora são Canadenses, como se diz nas Terras de Vera Cruz …

Inovações sim , mas sem exageros e com coerência !!!

 

(*) Não existe qualquer acordo,

mas sim a "Resolução do Conselho de Ministros"n.º8/2011

Nenhum dos Países da CPLP subscreveu esta "Resolução"

(nem a Guiné Equatorial...)

 

NOTA: Quem "faz" a língua são os falantes e não os académicos ou os políticos. Por outro lado, a língua escrita está subordinada à falada e não o contrário.

De qualquer forma, à medida que a língua falada evolui, torna-se necessário, de vez em quando, fazer alterações à forma de a escrever. O que é muito diferente de aproximar a escrita do registo brasileiro (algo que ninguém sabe ao certo o que é).

Neste "desacordo" o que me parece mal é o exagero insensato e imprudente das alterações impostas (pela via administrativa).

Acabe-se com ele o mais deprassa possível, para nosso bem e, sobretudo das nossas crianças.

 



publicado por Fernando Vouga às 20:25
link do post | comentar | favorito

2 comentários:
De Isa a 11 de Novembro de 2015 às 11:00
Eu como tive de dar, por duas vezes, a mão à palmatória por causa dos erros, resolvi aderir, rapidamente, a esse desacordo ortográfico, não fosse voltar a ter de dar a mão à palmatória. Bastaram-me essas duas vezes...é que dói para caramba


De Fernando Vouga a 11 de Novembro de 2015 às 15:59
Em Portugal não é proibido dar erros ortográficos. Há por aí erros bem piores...
Mas este desacordo é uma desgraça.


Também levei umas palmatoadas por causa dos erros de ortografia. Procuro escrever sem erros e tal deveu-se a um grande esforço de aprendizagem nos meus anos de escola primária.
Por isso, não me sinto obrigado a fazer agora, depois de velho, estas alterações que, diga-se em abono da verdade, são demasiadas e muitas vezes confusas e insensatas.


Comentar post

gse_multipart60608.jpg Tomates.jpg Santana Lamego
pesquisar
 
Agosto 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


Notas recentes

A greve dos camionistas

Para quem gosta de ler

Carlos Matos Gomes

Presépio dos dias de hoje

O Rei vai Nu

Um país de pacóvios

Para quem gosta de ler

Dicionário de política

O regresso do filho pródi...

Gastronomia

Favoritos

O dedo na ferida

Deixem os amigos em paz

Para onde vais, América?

Arquivos
Tags

todas as tags

Blogs amigos
Mais sobre mim
GALERIA FOTOGRÁFICA
Xangai
Nepal
Brasil
Praga
Visitas
free web counter
blogs SAPO
subscrever feeds